Português

Marmorizando Memórias

1 de outubro de 2019

Registrar é deixar vivo. Não importa a natureza da obra, tudo que se vê e se constrói faz parte do acervo cultural da criança; portanto, pensando no papel da criança como contempladora ativa da vida, o Memorial da UFC realizou uma oficina de habilidades manuais na confecção de bloquinhos para os alunos do Núcleo de Desenvolvimento da Criança, com o objetivo de incentivá-las a registrarem suas experiências e memórias, além de compartilhar a técnica de marmorização, que é empregada em encadernações históricas e servirá como capa para o bloquinho.

A marmorização de papel é um método de design de superfície aquosa, que pode produzir padrões semelhantes ao mármore. Os padrões são o resultado da cor flutuante elaborada a partir da aplicação de dispersantes na água.

O papel marmorizado é bastante utilizado em restaurações de livros, especialmente na folha de guarda (estrutura que une o miolo da encadernação à capa do livro). Serve ainda como barreira natural contra umidade e pragas biológicas.

Cada criança produziu seu bloquinho com o intuito de incentivar a produção de registros do seu cotidiano, tecendo assim suas memórias coletivas e individuais.
Esta oficina será reaplicada nos dias 13/10 e 24/11, no Corredor Cultural e será coordenada pelo técnico em conservação e restauro, Roberto Moreira Chaves. O início será às 9h30, com tempo médio de 1h30min de duração.

Vale a pena conferir!

Fotos: Arlindo Barreto e Éden Barbosa

Fonte: Direção Memorial